Seminários para estimular produtores a se tornarem orgânicos

Estadão

15 Março 2011 | 18h03

Ainda neste semestre, o Planeta Orgânico e o Instituto de Promoção de Desenvolvimento (IPD) estão formatando um programa de nove seminários, em cidades brasileiras estratégicas para o setor de orgânicos. O objetivo dos seminários é fomentar o desenvolvimento do agronegócio orgânico. As cidades que receberão o evento serão Rio de Janeiro (RJ), Campinas (SP), Maceió (AL), Campina Grande (PB), Campo Grande (MS), Brasília (DF), Foz do Iguaçu (PR) e Curitiba (PR). Desenvolver o agronegócio orgânico, no caso, é principalmente estimular e fornecer informações a produtores que têm interesse na conversão de suas propriedades. “Com a nova Lei dos Orgânicos, a exemplo do que ocorreu nos países estrangeiros quando o setor foi regulamentado, haverá um cenário mais positivo e seguro para novos projetos, desenvolvimento de produtos, entrada de multinacionais, aportes econômicos, financiamentos, enfim, uma evolução do setor, com melhoria de consumo interno e da exportação. A produção interna precisa estar mais reforçada, e a produção orgânica propicia a inclusão social porque valoriza mais o produtor”, relata Maria Beatriz Martins Costa, diretora do Planeta Orgânico. Mais informações no site www.planetaorganico.com.br