As informações e opiniões formadas neste blog são de responsabilidade única do autor.

Incor seleciona voluntários para pesquisa com vinho

Estudo avalia impacto da bebida na flora intestinal e consequente influência em substância que pode causar enfarte; pacientes terão de beber vinho durante 3 semanas

Júlia Marques

09 Junho 2017 | 18h06

O Instituto do Coração (Incor), do Hospital das Clínicas da Faculdade de Medicina da USP, está selecionando voluntários homens, entre 45 e 70 anos de idade, que tenham tido doença cardiovascular, para um estudo de sobre a ação do vinho na flora intestinal.

O objetivo da pesquisa é avaliar o impacto do vinho tinto nas bactérias da flora intestinal e como a modificação dessas bactérias influencia uma substância do sangue chamada TMAO, que pode causar enfarte.

Os pacientes selecionados manterão o tratamento de rotina e, por um período de 3 semanas, com a frequência de 5 dias por semana, deverão consumir uma dose diária de 250 ml de vinho tinto. Nas 7 semanas restantes, os pacientes deverão se abster da bebida.


A dose diária de vinho será fornecida pelo projeto, no formato de uma garrafa de 250 ml.

Podem se inscrever pacientes que tenham passado por enfarto, cateterismo, cirurgia de ponte de safena, doença da carótida, doença arterial periférica e acidente vascular cerebral. Pessoas com diabetes ou que façam uso de medicamento para diabetes não podem participar do estudo.

No total, serão selecionados 42 voluntários. As inscrições terminam quando o número de vagas for preenchido – até esta sexta-feira, 9, segundo o Incor, 17 pacientes já estavam inclusos na pesquisa.

Ao ingressarem no estudo, os pacientes serão submetidos a exames clínicos e de diagnóstico. Os interessados em participar devem se inscrever pelo telefone (11) 2661-5510 ou pelo e-mail projetovinhoflora@gmail.com.