Encontro na FGV vai reunir startups na área da saúde

Simone Iwasso

19 Setembro 2012 | 16h03

O anfiteatro da Fundação Getúlio Vargas de São Paulo (FGV) vai sediar na próxima segunda-feira (24) o primeiro encontro da Health 2.0 na cidade –  um meetup para reunir investidores, representantes de hospitais e laboratórios, desenvolvedores, estudantes e empreendedores de startups na área de tecnologias médicas.  O evento está com inscrições abertas para todos os interessados no setor.

Estão confirmados para o evento Daniel Wjuniski, CEO do site MinhaVida, Gustavo Guida, CEO da HelpSaúde, Fernando Fernandes, da Saútil, uma das primeiras startups atuando em saúde pública no Brasil,  e Ron Gutman, CEO da HealthTap, que participará por skype.

“A tecnologia na área da saúde, como aplicativos, softwares, sites e equipamentos médicos, podem ter um impacto muito grande na sociedade. São recursos que tem potencial, por exemplo, para gerenciar tratamentos de pacientes crônicos, para promover prevenção e reduzir custos do sistema”, afirma Vitor Asseituno Morais, responsável pelo encontro.

Vitor se tornou principal referência na área no País, desde que fundou uma empresa para estimular e acelerar novas startups na área médica. Hoje, ele faz a ponte entre empreendedores, fundos de investimentos e empresas tradicionais do setor.

Em sua database, Vitor já registra 350 startups de saúde no Brasil, a maioria delas atuando em digital health. São prontuários eletrônicos para auxiliar médicos, sites que buscam profissionais, sites que vendem medicamentos, aplicativos que auxiliam no controle de doenças, aplicativos que monitoram funções do organismo, entre outros. “Queremos fomentar o ambiente de empreendedorismo num setor que está aquecido. Em outubro, vamos selecionar projetos para serem acelerados a partir do ano que vem.”

Mais conteúdo sobre:

FGVmeetupstartuptecnologias médicas