Astrônomos encontram anã marrom em órbita de estrela semelhante ao Sol

A estrela principal do sistema, PZ Tel A, é uma versão mais jovem do Sol, com apenas 12 milhões de anos

estadao.com.br,

29 Julho 2010 | 19h28

Uma equipe internacional de astrônomos, usando Telescópio Gemini Sul, baseado no Chile, encontrou uma estrela anã marrom em uma órbita estreita ao redor de uma estrela semelhante ao Sol. Anãs marrons são astros maiores que planetas mas ainda incapazes de iniciar a fusão nuclear necessária para se tornarem estrelas normais.

 

O que torna a descoberta especial, de acordo com seus autores, é a proximidade entre a anão marrom, com 36 vezes a massa de Júpiter, chamada PZ Tel B, e sua estrela primária, PZ Tel A. Elas são separadas por apenas 18 Unidades Astronômicas (UA), aproximadamente a mesma distância entre Urano e o Sol.

 

A maioria das anãs marrons jovens e planetas encontrados por observação direta estão separados da estrela principal de seus sistemas por distâncias maiores que 50 UA, superior à que existe entre o Sol e Plutão.

 

A estrela principal, PZ Tel A, é uma versão mais jovem do Sol, de massa semelhante mas com apenas 12 milhões de anos - o Sol tem quase 5 bilhões. Isso faz do sistema PZ Tel um laboratório importante para estudar os estágios iniciais da formação de um sistemas solares. 

Mais conteúdo sobre:
astronomia sistema solar sol

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.