Divulgação
Divulgação

Campanha contra aids faz flash mob em três cidades brasileiras nesta quarta

Ação em SP, Rio e Recife quer atrair sobretudo jovens no dia mundial de luta contra a doença

estadão.com.br

29 Novembro 2010 | 18h53

SÃO PAULO - Para marcar o Dia Mundial de Luta Contra a Aids, lembrado nesta quarta-feira, 1º, o Instituto Kaplan - Centro de Estudos da Sexualidade Humana promove, com o apoio do Laboratório Abbott, uma ação de flash mob nas cidades de São Paulo, Rio de Janeiro e Recife.

 

Veja também:

linkSP tem mutirão de testes até 1º/12

linkRelatório pede foco na prevenção

A campanha "10 Mitos e 1 Verdade: a aids existe. Previna-se" espera atrair principalmente os jovens e contará com dez dançarinos vestidos de personagens como Papai Noel, Coelho da Páscoa, Lobisomem e Saci Pererê para chamar a atenção aos "mitos" da doença e conscientizar as pessoas sobre a importância da prevenção.

Na capital paulista, a ação será realizada no vão livre do Masp (Av. Paulista, 1578), às 12h15. No Rio, está programada para ocorrer no calçadão de Copacabana, por volta das 16h30 (o horário ainda será confirmado). Em Recife, o flash mob acontecerá no Parque da Jaqueira, na zona norte, às 16h30.

Na ocasião, também haverá distribuição de informativos à população. Neste sábado, 4, a entrega de material explicativo será ampliada para outras oito cidades do País: São José dos Campos, Salvador, Porto Alegre, Curitiba, Belo Horizonte, Cuiabá, Vitória e Florianópolis. O Parque do Ibirapuera, na capital paulista, também vai participar.

A campanha conta com o apoio das Sociedades de Infectologia Brasileira, Paulista, Pernambucana, Riograndense e do Rio de Janeiro.

Camisetas

Para quem quiser participar mais efetivamente da iniciativa, a partir do dia 1º haverá um quiz sobre o HIV no site www.dezmitos.org, e as primeiras cem pessoas que o acertarem vão ganhar uma camiseta exclusiva da campanha, a mesma que os dançarinos usarão no flash mob.

Os 10 mitos são:

1. HIV e aids são a mesma coisa;

2. Não é preciso se preocupar com a aids porque já existe tratamento;

3. Quem é HIV positivo não precisa fazer sexo seguro;

4. Sexo oral não transmite HIV;

5. Um casal virgem não corre risco de pegar HIV;

6. Quem tem parceiro fixo não precisa usar camisinha;

7. Quem tem HIV não pode ter filhos;

8. A aids pode ser transmitida pelo beijo;

9. O teste de HIV só deve ser feito quando há suspeita de aids;

10. Quem tem HIV desenvolverá aids, inevitavelmente.

E a única verdade é:

1. A aids existe. Previna-se e não se esqueça de falar com seu médico.

Mais conteúdo sobre:
HIV aids flash mob Instituto Kaplan Abbott

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.