Campinas confirma mais uma vítima da influenza A na região

Com mais essa, sobe para oito as mortes em Campinas, Indaiatuba, Valinhos, Cosmópolis, Mogi Guaçu e Sumaré

Tatiana Fávaro, de O Estado de S. Paulo,

31 Julho 2009 | 16h36

A Secretaria de Saúde de Campinas confirmou nesta sexta-feira, 31, mais uma morte por contaminação pelo vírus influenza A (H1N1). Trata-se de uma mulher de 54 anos, internada no dia 24 de julho e que morreu no dia 25. A secretaria informou que a paciente também tinha outras doenças. Com o registro sobe para oito o número de mortes na região. Além dos três óbitos em Campinas, foram registradas mortes por gripe A em Indaiatuba, Valinhos, Cosmópolis, Mogi Guaçu e Sumaré.

 

Veja também:

especialEntenda a gripe suína: perguntas e respostas 

video Infectologista esclarece cuidados que serão tomados 

mais imagens Veja galeria de fotos da gripe suína pelo mundo   

som 'Meios de transportes facilitam a propagação'

documento Folheto oficial do Ministério da Saúde 

 

O órgão analisa ainda sete possibilidades de surtos em escolas, serviços de saúde e hotel. Um surto em uma creche foi confirmado nesta semana. Três adultos estavam contaminados pelo vírus. O surto é caracterizado, segundo informou a secretaria, por meio de assessoria, quando há mais de um caso no mesmo local de convívio. Campinas investiga outras seis mortes (cinco mulheres e um homem, com idades entre 32 e 56 anos) por doença respiratória aguda grave, analisados para várias doenças, inclusive influenza A.

 

Campinas registrou, até esta sexta-feira 81 casos confirmados da doença. Na região há mais ao menos 33 casos confirmados de gripe A.

Mais conteúdo sobre:
gripe suína influenza A (H1N1)

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.