Campinas investiga 8 mortes por suspeita da nova gripe

Casos ocorreram na própria cidade e em Valinhos, que fica na mesma região; confirmação requer exames

Priscila Trindade, da Central de Notícias,

20 Julho 2009 | 15h14

Sobe para 8 o número de mortes por suspeita da gripe A (H1N1) na região de Campinas. Nesta segunda-feira, 20, a Secretaria da Saúde de Valinhos divulgou que acompanha dois casos. Já a Secretaria de Saúde de Campinas investiga a morte de seis pessoas por suspeita de relação com a nova gripe.

 

No primeiro caso de Valinhos, que ocorreu no sábado, 18, a vítima de 45 anos estava internada desde o último dia 14 no Hospital e Maternidade Galileo. O segundo óbito foi registrado no domingo, 19, quando uma jovem de 27 anos morrer com os sintomas da doença.

 

 

A Secretaria também acompanha a situação de um homem de 30 anos que está internado há 8 dias em estado grave na Unidade de Terapia Intensiva (UTI) da Santa Casa de Valinhos. Ele começou a sentir os sintomas da nova gripe no dia 6, após retornar de viagem a Argentina.

 

Até o momento, a Vigilância Epidemiológica registrou dez casos confirmados da doença na cidade. Em Campinas, são 51 casos confirmados. A confirmação dos casos suspeitos depende da divulgação dos exames pelo laboratório Adolfo Lutz de São Paulo. Os resultados dos exames sairão nos próximos 15 dias.

Mais conteúdo sobre:
gripe suína

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.