Cardíacos desconhecem gorduras que fazem bem à saúde

Pesquisa mostra que 67% dos 600 pacientes em tratamento no hospital Dante Pazzanese não possuem o hábito de ler o rótulo dos alimentos

Central de Notícias,

17 Janeiro 2012 | 14h08

 Estudo realizado pelo Hospital Estadual Dante Pazzanese, referência em cardiologia, aponta que 67% dos 600 pacientes em tratamento na instituição não possuem o hábito de ler o rótulo dos alimentos e desconhecem as gorduras que fazem bem à saúde.

Entre os tipos de gorduras que fazem mal à saúde, a trans e a saturada são as mais conhecidas, sendo consideradas ruins por 81,5% dos entrevistados. Já entre os tipos que fazem bem, 55% dos pacientes desconsideraram a gordura insaturada que, pelo contrário, é indicada para a boa saúde do coração.

Outro equívoco muito comum é em relação aos alimentos fontes de gordura. Assim como a bolacha recheada e a manteiga, que foram apontadas corretamente como alimentos menos saudáveis, a maionese também foi tida como um alimento rico em colesterol e gorduras ruins pela maioria dos entrevistados, o que não é verdade.

"A maionese possui um perfil nutricional bom porque é fonte de gorduras poli-insaturadas, não contém gordura trans e oferece baixo teor de colesterol", explica Daniel Magnoni, médico da Divisão de Nutrição Clínica do Dante Pazzanese e coordenador da pesquisa.

Além da maionese, outro alimento apontado erroneamente por 65,5% dos pacientes como fonte de colesterol e por 60% com excesso de gordura ruins foi o Ketchup, que por ser produzido a partir de tomates, não possui gorduras.

Mais conteúdo sobre:
rótulo alimntos cardíacos gorduras

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.