Caso suspeito de febre amarela é registrado em Campos dos Goytacazes

Jovem de 18 anos da cidade fluminense foi internada com os sintomas da doença, mas melhorou e já recebeu alta

Fábio Grellet, O Estado de S. Paulo

17 Março 2017 | 17h23

RIO - Uma jovem de 18 anos que mora em Campos dos Goytacazes, município do norte fluminense, pode ter contraído febre amarela. A suspeita foi divulgada nesta sexta-feira, 17, pela diretora de Vigilância em Saúde do município, Andréya Moreira. O material coletado da paciente foi encaminhado para análise laboratorial.

"Vamos aguardar o resultado dos exames, mas pela evolução do quadro de evolução dos sintomas o caso aparentemente é mais típico de hepatite", afirmou Andréya. A paciente mora em Caxeta, bairro do distrito de Ibitioca, e chegou a ser internada no Hospital Geral de Guarus, com sintomas que podem indicar febre amarela. Mas o estado da jovem melhorou e ela recebeu alta na manhã desta sexta.

 

 

Segundo a diretora de Vigilância em Saúde, ninguém mais na família da paciente apresentou qualquer quadro de doença. "Estamos monitorando o caso, mas não há necessidade de acompanhar a família, pois a febre amarela é diferente de uma meningite, por exemplo", afirmou. A vacinação de bloqueio no distrito de Ibitioca começou nesta sexta e continua ao longo da próxima semana. Esse cronograma estava previsto desde o início de março. 

 

Mais conteúdo sobre:
Campos dos Goytacazes Saúde

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.