DANIEL TEIXEIRA/ESTADAO
DANIEL TEIXEIRA/ESTADAO

Chegada do frio ajuda a diminuir casos novos de dengue em São Paulo

Em Sorocaba, o número de pessoas que adoecem está em queda pela terceira semana consecutiva

José Maria Tomazela, O Estado de S. Paulo

11 Maio 2015 | 20h47

SOROCABA - A chegada do frio e o controle dos criadouros estão reduzindo a quantidade de casos novos de dengue no interior de São Paulo. Em Sorocaba, o número de pessoas que adoecem está em queda pela terceira semana consecutiva. Na última semana, foram contabilizados 2.531 casos, o menor desde fevereiro, quando o número semanal chegou a 10 mil. A cidade soma 48,6 mil casos e 22 mortes confirmadas, além de 14 em investigação. Desde janeiro, a prefeitura retirou 450 toneladas de criadouros das residências.

Em Guararapes, uma das primeiras cidades a decretar emergência em razão da epidemia, apenas cinco novos casos foram confirmados na última semana. O saldo da dengue na cidade é de 2.435 casos e cinco mortes confirmadas, além de uma em investigação. Em Salto, no último mês a média semanal passou a ser de 25 casos, metade do que ocorria no mês anterior. "Ainda temos casos, mas com o frio a transmissão está sendo menor", afirmou Sandra Haddade, da Vigilância Epidemiológico. A cidade soma 772 casos positivos de dengue este ano.

As prefeituras de Marília e de Limeira desativaram unidades exclusivas de atendimento a pacientes com dengue, depois de constatar que estavam ociosas. Em Marília, com 15.207 casos e 8 mortes confirmadas, além de dez em investigação, a prefeitura considera que o auge da epidemia já passou. Mesmo assim, os 'arrastões' contra o mosquito continuam.

Em Campinas, onde a epidemia começou mais tarde, a incidência está menos acentuada que no ano passado, segundo o secretário de Saúde, Cármino de Souza. Conforme boletim divulgado nesta segunda-feira (11), já são 32.623 casos, 2.249 a mais que há uma semana. Em abril, a cidade chegou a registrar 4,1 mil casos na semana.

Epidemia. Em regiões onde a dengue demorou mais a chegar, só agora a doença atinge nível de epidemia. A prefeitura de Caçapava, no Vale do Paraíba, foi notificada na sexta-feira, 8, pela Vigilância Epidemiológica de São José dos Campos, após a confirmação de 510 casos este ano. Nesta segunda-feira, 11, decreto municipal reconheceu a situação de emergência. Outras onze cidades da região já convivem com a epidemia.

Mais conteúdo sobre:
dengue São Paulo

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.