Chile contabiliza mais de 7 mil infectados e 4 mortos pela gripe

Boletim do Ministério da Saúde também revela que maioria dos contagiados são crianças em idade escolar

01 Julho 2009 | 10h28

O Ministério da Saúde do Chile informou por meio de boletim na terça-feira, 30, que o número de contagiados pela gripe suína no país é de 7.342. O comunicado também registra 14 mortes ocasionadas pela doença, segundo a agência AFP.

 

Veja também:

especial Mapa: veja como a gripe está se espalhando

especialEntenda a gripe suína: perguntas e respostas 

video Infectologista esclarece cuidados que serão tomados 

mais imagens Veja galeria de fotos da gripe suína pelo mundo   

som 'Meios de transportes facilitam a propagação'

documento Folheto oficial do Ministério da Saúde 

 

A maioria dos mortos eram pessoas que viviam no sul do país, uma zona fria e chuvosa durante os meses de inverno, a mais atingida pela gripe. "Até o momento, o vírus A (H1N1) demonstrou um alto índice de transmissão na população, como era esperado no inverno, quando se dão as condições propícias para sua circulação", diz o comunicado do ministério.

 

Ainda segundo o relatório, 3,4% dos casos confirmados pelos laboratórios necessitaram de hospitalização, enquanto 0,2% resultou em mortes. O boletim também revela que a maioria dos contagiados corresponde a crianças em idade escolar.

 

O Ministério da Saúde reconheceu que há um número indeterminado de casos de contágio, mas os que são informados oficialmente são os confirmados por análises de laboratório.

 

O primeiro caso no Chile foi registrado no dia 17 de maio.

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.