Chineses queimam folhas secas na pele para curar doenças

Portadores de paralisia facial e atrofia cerebral apostam em técnica da medicina tradicional do país

Reuters,

05 Agosto 2010 | 18h52

Fotos: Reuters

 

Chineses portadores de doenças como paralisia facial e atrofia cerebral usam uma técnica da medicina tradicional do país para curar esses problemas. Os pacientes recebem folhas secas de moxa (um tipo de erva artemísia, bastante cheirosa), que são queimadas como um incenso.

 

Na foto acima, homem 'acende' folhas nas orelhas em hospital de Jinan, na província de Shandong (leste da China). Agulhas de acupuntura também podem ser usadas no tratamento, como na imagem abaixo.

 

 

A moxa também é aplicada para amenizar lesões, dores nas costas, no joelho, friagem e cólicas menstruais. As folhas são moldadas em forma de cone e colocadas sobre a pele ou em algum material feito com ervas, como um pedaço de gengibre.

 

O forte aquecimento do local e os vapores exalados contribuem para estimular a circulação sanguínea. A técnica, porém, não deve ser aplicada em áreas inflamadas ou quando causar desconforto.

Mais conteúdo sobre:
folhas de moxa medicina chinesa

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.