Divulgação
Divulgação

Cientistas dizem ter encontrado partícula que se move mais rápido que a luz

Segundo pesquisadores, medidas realizadas ao longo dos três anos de funcionamento do LHC mostraram neutrinos se movendo 60 nanosegundos mais rápido que a luz

Reuters

22 Setembro 2011 | 14h17

GENEBRA - Uma equipe internacional de cientistas encontrou neutrinos se movendo mais rápido que a velocidade da luz, relatou o porta-voz dos pesquisadores nesta quinta-feira, 22. A descoberta pode representar um desafio a uma das leis fundamentais da física.

 

Antonio Ereditato, que trabalha no Centro Europeu de Pesquisas Nucleares (Cern), disse que medidas realizadas ao longo dos três anos de funcionamento do Grande Colisor de Hádrons (LHC) mostraram neutrinos se movendo 60 nanosegundos mais rápido que a luz.

 

"Temos grande confiança em nossos resultados, mas precisamos que outros colegas façam seus testes e confirmem essa descoberta", afirmou.

 

Se confirmada, a descoberta mudaria uma parte chave da teoria da relatividade de 1905 de Albert Einstein, que afirma que nada no universo pode se mover mais rápido que a luz.

Mais conteúdo sobre:
LHC velocidade da luz neutrinos

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.