Clínica deverá indenizar paciente que perdeu parte da visão no Rio

Médico de outra clínica disse que córnea de paciente estava prejudicada

Carolina Spillari, da Central de Notícias,

31 Maio 2011 | 16h55

São Paulo, 31 - Um paciente perdeu parte da visão em uma clínica que terá que pagar indenização por danos morais, decidiu a 3ª Câmara Cível do Tribunal de Justiça do Rio. O Centro Oftalmológico de Ipanema e o médico Renato Palladine Herrera deverão indenizar André Luiz Muquy com R$ 30 mil.

O paciente foi submetido a quatro cirurgias na clínica e não notou melhora na visão. Quando procurou outro profissional, foi constatado que sua córnea estava prejudicada e seria desaconselhável fazer outra cirurgia.

O dano o obrigaria a utilizar para o resto da vida lentes de contato rígidas, de custo alto e durabilidade pequena. Esse é mais um agravante levado em conta na decisão judicial. Os réus terão que arcar pelos custos das lentes e ressarcir os valores gastos por André Luiz Muquy.

Mais conteúdo sobre:
danos morais visão

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.