Reprodução
Reprodução

Crianças internadas após surto de infecção em escola de Santo André têm alta

56 alunos do colégio Jatobá, com idades entre 1 e 12 anos, foram internadas na última semana após uma infecção intestinal

O Estado de S. Paulo

29 Agosto 2015 | 19h37

Os dois últimos alunos do Colégio Jatobá, em Santo André, que permaneciam internados após um surto de gastroeneterite, tiveram alta médica neste sábado, 29. Ao todo, 56 crianças, com idades entre 1 e 12 anos, foram hospitalizados com os sintomas da doença. Ainda não se sabe o que causou o surto.

Os primeiros registros surgiram no último dia 21, quando 13 criancas do colégio foram hospitalizadas. As crianças apresentaram quadro de diarreia, dor abdominal, vômito, febre, dor de cabeça e desidratação. Quatro alunos foram, inclusive, levados para a Unidade de Tratamento Intensivo (UTI) do Hospital Brasil, em Santo André.

Nesta sexta-feira, 28, o laudo de três amostras de alimentos recolhidas na escola deram negativos para bactérias patogênicas, o que significa que a comida não estava contaminada. O resultado da amostra da água também foi negativo. Outras análises ainda estão sendo feitas.

A Prefeitura de Santo André informou que a cozinha e o berçário do colégio particular foram interditados pela Vigilância Sanitária, já que foram encontradas irregularidades no processo de produção e manipulação dos alimentos. Os dois ambientes só poderão ser reabertos com as adequações das estruturas físicas de equipamentos e validação dos procedimentos de boas práticas de manipulação alimentar.

Na segunda-feira, 31, técnicos sanitários farão nova inspeção no colégio para verificar o processo de desinfecção dos ambientes e reservatórios de água. Se for constatada conformidade com as normas, a escola será aberta na terça-feira, 1º de setembro, mas com restrição à produção e manipulação de alimentos, ou seja, com impedimento legal de produzir refeição e preparar o leite. 

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.