Estadão - Portal do Estado de S. Paulo

Saúde

Saúde » Cruz Vermelha terá força-tarefa contra criadouros do Aedes

Saúde

Andrea de Silva/Reuters

Saúde

zika

Cruz Vermelha terá força-tarefa contra criadouros do Aedes

Ideia é mostrar à população como evitar os riscos; periferias urbanas serão áreas prioritárias da ação, segundo a entidade

0

O Estado de S. Paulo

09 Fevereiro 2016 | 11h12

GENEBRA - A Federação Internacional da Cruz Vermelha e da Meia-Lua Vermelha anunciou nesta terça-feira, 9, uma mobilização em todos os países afetados pelo zika para ajudar na eliminação de criadouros do mosquito Aedes aegypti, transmissor da doença. As áreas prioritárias serão as periferias urbanas. 

"´É preciso rastrear as superfícies em que o mosquito pode haver deixado seus ovos, que não são visíveis ao olho humano, tirar a água e garantir que não voltem", destacou a responsável pelo departamento de saúde da federação, Julie Hall. Segundo ela, os ovos do mosquito podem resistir até a baixas temperaturas. A ideia é ensinar a população sobre como evitar os riscos. 

A entidade pretende acionar suas redes de voluntários nos países da América Latina e do Caribe. Para levar o programa de prevenção à frente, será necessário aumentar a reserva inicial de fundos, antes de 2,4 milhões de dólares. De acordo com a Organização Mundial de Saúde (OMS), a epidemia de zika atinge 33 países. / COM AGÊNCIAS INTERNACIONAIS

Mais conteúdo sobre:

Encontrou algum erro? Entre em contato

0 Comentários

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.