Cumbica terá alerta em inglês contra Ebola nos próximos dias, diz empresa

Ministério da Saúde e Anvisa são os responsáveis pelo texto, que recomenda ao passageiro com sintomas procurar atendimento 

Felipe Resk, O Estado de S. Paulo

11 Agosto 2014 | 21h24

SÃO PAULO - A mensagem de alerta sobre os riscos de Ebola continua sendo divulgada apenas em português no Aeroporto de Cumbica, em Guarulhos. O Ministério da Saúde e a Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa) são os responsáveis pelo texto, que recomenda ao passageiro procurar atendimento médico e comunicar ao profissional de saúde os países em que esteve nas últimas semanas, caso apresente algum sintoma da doença.

No domingo, a GRU Airport, que administra o aeroporto, informou que só havia recebido o texto em português. Nesta segunda, 11, afirmou que a versão em inglês foi solicitada a uma produtora no fim de semana e deve estar disponível nos próximos dias. A Anvisa também foi procurada, por e-mail e telefone, mas não respondeu. Dos cinco países africanos com voo direto para Cumbica, o português é falado só em Angola. Nesta segunda, quatro aviões da África chegaram em Guarulhos. São 23 pousos por semana. 

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.