Dengue no Rio de Janeiro causou 52 mortes no ano

Estado registrou 77.264 casos suspeitos da doença entre 2 de janeiro a 30 de abril

Agência Brasil,

05 Maio 2011 | 10h47

Rio de Janeiro - O estado do Rio de Janeiro registrou 52 mortes por dengue nos quatro primeiros meses do ano, segundo o boletim epidemiológico divulgado nesta quarta-feira, 4, pela Secretaria de Saúde do Estado. Foram contabilizados 77.264 casos suspeitos de dengue no estado entre 2 de janeiro a 30 de abril.

Veja também:

especial Especial: A dengue no Brasil

Entre as mortes, 19 foram na cidade do Rio de Janeiro, oito em São Gonçalo, quatro em São João de Meriti e quatro em Nova Iguaçu, duas em Magé e uma em cada um dos seguintes municípios: Cabo Frio, Marica, Mesquita, São José do Vale do Rio Preto, Bom Jesus de Itabapoana, Itaocara, Itaperuna, Rio das Ostras, Barra Mansa, Belford Roxo e Campos dos Goytacazes.

A secretaria divulgou também um levantamento dos últimos 25 anos da incidência de dengue no estado. O maior número de mortes por causa da doença foi registrado na epidemia de 2008, com 240 casos, seguido pelo ano de 2002, com 91 óbitos.

O ano em que houve maior número de casos da doença foi em 2002, com 288.245 casos; seguido por 2008, com 259.392; 1991, com 85.891, e 2001, com 80.215. Com os números dos quatro primeiros meses, 2011 ocupa a quinta posição na série histórica.

Mais conteúdo sobre:
Dengue

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.