Descoberto mais antigo exemplo de escrita em Jerusalém

O fragmento contém um trecho de texto com as palavras 'você', 'eles' e 'depois'

Associated Press

13 Julho 2010 | 16h07

Eliat Mazar apresenta o fragmento descoberto em Jerusalém. Baz Ratner/Reuters

 

Arqueólogos afirmam que um pedaço de cerâmica recém-descoberto, do século 14 a.C., é o Amis antigo exemplo de escrita já encontrado na cidade de Jerusalém.

 

O diretor da escavação, Eliat Mazar, da Universidade Hebraica, disse que o fragmento de 8 centímetros de comprimento traz uma antiga forma de escrita conhecida como cuneiforme acádio. 

 

O fragmento contém um trecho de texto com as palavras" você", "eles" e "depois". Ele antecede o exemplo mais antigo conhecido até então em 600 anos, e data de cerca de quatro séculos antes do período quando, segundo a Bíblia, existiu o reino de Davi.

Mais conteúdo sobre:
arqueologia jerusalém escrita

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.