1. Usuário
Assine o Estadão
assine


Ebola já mata 31 pessoas na República Democrática do Congo

O Estado de S. Paulo

02 Setembro 2014 | 09h 57

Vírus tem origem diferente da África Ocidental; quase 200 estão em observação no país por terem mantido contato com infectados

KINSHASA - A quantidade de mortos pelo vírus Ebola na República Democrática do Congo chegou a 31 pessoas. Os novos dados foram divulgados nesta terça-feira, 2, pelo ministro da Saúde, Felix Kabange Numbi. As mortes no país podem corresponder a outro tipo do vírus, diferente do que causou a epidemia em Guiné, Serra Leoa, Libéria e Nigéria, onde há o registro de 1.552 mortes entre 3.069 infectados.

O número de mortes no Congo representa mais da metade do total de infectados na região, 51. As vítimas se concentram exclusivamente na região noroeste do país, na província de Equador.

Mais de 180 pessoas permanecem em observação por terem mantido contato com os doentes. "Devemos manter o trabalho de vigilância porque a doença pode levar 21 dias para se manifestar", disse o ministro.

Segundo as investigações, a origem dessa epidemia estaria em uma mulher grávida que cozinhou um animal selvagem caçado pelo marido e que aparentemente estava contaminado por Ebola./EFE E REUTERS

Afolabi Sotunde/Reuters
Um homem lava as mãos uma área externa de uma farmácia em Abuja, na Nigéria