Scott Audette/Reuters
Scott Audette/Reuters

Endeavour inicia o primeiro dia em órbita ao som de U2

Astronautas se revezam nas tarefas a bordo do ônibus espacial, que deve chegar à ISS nesta quarta-feira

estadão.com.br,

17 Maio 2011 | 12h01

SÃO PAULO - O primeiro dia em órbita dos astronautas do Endeavour começou ao som de U2, com a música Beautiful Day. Entre as tarefas programadas para o dia estão o escaneamento do sistema de proteção térmico da nave e a inspeção dos uniformes que serão usados nas quatro caminhadas espaciais programadas para esta missão.

Veja também:

blog Bom dia, astronautas

blog Acompanhe a missão pelo Twitter

blog Os astronautas da Nasa no Twitter

 especial Tudo sobre a missão do Endeavour

Este é o início da viagem, a última do Endeavour, que deve durar 16 dias e tem como principal objetivo levar o Espectrômetro Alfa Magnético (AMS), um aparelho de US$ 2 bilhões que os cientistas esperam que esclareça parte dos mistérios envolvidos na chamada matéria escura, até a Estação Espacial Internacional (ISS).

Além do aparelho, e algumas peças de reposição, o Endeavour carrega ainda alguns animais que serão usados em experimentos no espaço. Uma dupla de aranhas da espécie Nephila clavipes e lulas típicas do Havaí farão parte de uma pesquisa que visa entender como o organismo se comporta em um ambiente de microgravidade.

Também está a bordo da nave alguns vermes da espécie Caenorhabditis elegans, descendente dos animais que sobreviveram ao voo do ônibus espacial Columbia, em 2003. O estudo destes animais é bem comum porque seu organismo apresenta várias características biológicas essenciais similares às encontradas nos seres humanos.

Além dos seres vivos, o ônibus espacial também carrega três protótipos de um tipo de microchip que funciona como mini satélite e foi desenvolvido pelo engenheiro espacial Mason Peck, da Universidade Cornell. Os mini satélites, chamados de Sprite, contêm sensores, um microchip e uma antena para transmitir dados coletados sobre a química do vento solar. Os protótipos ficarão alguns anos na ISS e seu desempenho será analisado quando retornarem à Terra daqui alguns anos.

Mais conteúdo sobre:
Endeavour espaço Nasa

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.