Estado de São Paulo registra primeiro caso de dengue tipo 4

Caso foi registrado na cidade de São José do Rio Preto; paciente não tinha histórico de viagem a outros estados

Solange Spigliatti, Central de Notícias

04 Abril 2011 | 11h35

SÃO PAULO - A Secretaria Municipal de Saúde de São José do Rio Preto registrou o primeiro caso de dengue tipo 4 do Estado de São Paulo. Até hoje o Estado de São Paulo tinha registrado transmissão dos vírus do tipo 1, 2 e 3.

 

Veja também:

linkDispersão da dengue tipo 4 é previsível, diz secretário

link Estado de SP inicia hoje mutirão contra a dengue

especial Especial: a dengue no Brasil

 

Trata-se de uma mulher, de 31 anos, que apresentou a doença há alguns dias. Segundo a Secretaria, a mulher foi tratada, se curou e já voltou ao trabalho. A paciente não tinha histórico de viagem recente a outros estados.

 

A Secretaria de Saúde está comunicando os serviços de vigilância epidemiológica municipais para que estejam atentos a possíveis novos casos suspeitos de dengue do tipo 4. No entanto, segundo a secretaria, o novo tipo de vírus não altera a rotina do trabalho da doença.

 

Tipos de dengue

 

Há quatro tipos, ou sorotipos, de dengue: 1,2,3 e 4. Quando uma pessoa apresenta infecção por um desses agentes, ela fica protegida para uma nova contaminação pelo mesmo subtipo. O vírus de tipo 4 não circulava no Brasil desde a década de 1980 até os recentes casos.

 

Nenhum sorotipo é mais perigoso que qualquer outro, mas quando um novo tipo começa a circular entre a população, a preocupação é que poucos indivíduos tenham imunidade contra ele, havendo risco de epidemias caso ele se disperse. Além disso, a ocorrência de epidemias anteriores por outros sorotipos aumenta o risco de casos graves.

 

Os quatro sorotipos causam os mesmos sintomas - dores de cabeça, no corpo e nas articulações, febre, diarreia e vômito - e têm o mesmo tratamento. As medidas terapêuticas visam à manutenção do estado geral. Não devem ser usados derivados do ácido acetilsalicílico para a dor e a febre. (Com informações são de O Estado de S. Paulo)

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.