Estado de SP tem 12 mortes confirmadas por gripe suína

O caso mais novo é a morte de um bebê de um ano e seis meses morador do Grande ABC

Rita Cirne, da Central de Notícias,

22 Julho 2009 | 18h44

Já são 12 as mortes causadas pela gripe suína no Estado de São Paulo. O boletim divulgado no final da tarde pela Secretaria da Saúde confirmou quatro mortes causadas pelos vírus, sendo que três já haviam sido divulgadas pelas secretarias municipais dos municípios de Valinhos, Itapetininga e Osasco. Com esses casos, chega a 25 o total de óbitos no País.

 

O caso mais novo é a morte de  um bebê de um ano e seis meses, do sexo feminino, morador do Grande ABC. Ela foi internada no dia 18 de julho com insuficiência respiratória em hospital da região. Em seguida, apresentou sinais de choque, foi entubada, mas morreu no mesmo dia. Segundo a secretaria, a paciente tinha histórico clínico de anemia.  

 

A vítima que morreu em Osasco era uma mulher de 23 anos, que foi internada em 8 de julho. O paciente que morreu em hospital de Itapetininga, na região de Sorocaba, era um homem de 26 anos, que morava na capital, com entrada em hospital da região de Sorocaba no dia 18 de julho com cianose das extremidades e desconforto respiratório. Morreu no mesmo dia.

 

 A morte registrada em Valinhos era uma mulher de 27 anos, moradora da região de Campinas, que foi internada no dia 17, evoluindo para óbito no dia 19.

Mais conteúdo sobre:
gripe suína

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.