WILTON JUNIOR/ESTADÃO
WILTON JUNIOR/ESTADÃO

Estado do Rio registra 6º caso de febre amarela

Vítima mora em São Fidélis, no norte do Estado, e teve alta na última sexta

Constança Rezende, O Estado de S. Paulo

27 Março 2017 | 16h58

RIO - A Secretaria Estadual de Saúde do Rio confirmou o sexto caso de febre amarela, nesta segunda-feira, 27. Desta vez, o caso foi registrado no município de São Fidélis, no norte Fluminense. Todos os anteriores foram diagnosticados no município de Casimiro de Abreu, na Baixada Litorânea fluminense.

De acordo com a prefeitura de São Fidélis, a vítima está bem e teve alta hospitalar na última sexta-feira, 24. O município não divulgou o nome do paciente, mas informou que é jovem e morador da região de Vila dos Coroados.

Ele teria adquirido a doença durante um acampamento em Santa Maria Madalena, na região do Parque dos Desenganos, que fica na divisa entre São Fidélis e Campos. O paciente estava internado no Hospital Armando Vidal desde o dia 16, apresentando febre e dores no corpo. 

Segundo a prefeitura, 20 mil pessoas já foram vacinadas contra a doença no município, que tem cerca de 38 mil habitantes. O município também informou, por meio de sua assessoria de imprensa, que toda a população rural já foi vacinada e, neste mês, a campanha teria se voltado para a área urbana.

Um dos pacientes registrados com a doença em Casimiro, o pedreiro Watila Oliveira dos Santos, de 38 anos, morreu no último dia 11. Foi o único caso de óbito em decorrência da doença no Estado. 

 

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.