Efe
Efe

Eurodeputados pedem CPI sobre gestão de gripe suína na União Europeia

Solicitação dos parlamentares questiona a independência da UE diante das recomendações feitas pela OMS

Efe

06 Maio 2010 | 10h56

Um grupo de 208 eurodeputados do Parlamento Europeu apoiou nesta quarta-feira, 5, a criação de uma Comissão Parlamentar de Inquérito (CPI) sobre a gestão da epidemia de gripe suína na União Europeia (UE).

 

Veja também:

linkAvenida Paulista ganha novo posto de vacinação

linkEUA têm 71 milhões de doses de vacina contra gripe suína sobrando

 

O pedido de criação da comissão foi assinado por eurodeputados de cinco grupos políticos: Partido Popular Europeu (PPE), Aliança de Liberais e Democratas (ALDE), Verdes, Socialistas e Democratas (S&D) e Conservadores e Reformistas Europeus (ECR). Em conjunto, eles representam mais de um quarto do total de membros do Parlamento.

 

A solicitação dos parlamentares questiona a independência da UE diante das recomendações feitas pela Organização Mundial da Saúde (OMS) durante a epidemia de gripe A pelo continente europeu.

 

Os eurodeputados também consideram necessário examinar o papel de instituições comunitárias como a Agência Europeia de Medicamentos (EMEA) e o Centro Europeu de Prevenção e Controle de Doenças (ECDC), e em particular, saber "como atuaram para evitar uma nova pandemia".

 

A decisão de aprovar ou não a comissão será tomada na próxima conferência entre líderes dos diferentes grupos parlamentares, no dia 12 de maio.

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.