Europa registra aumento acentuado de casos de sarampo em 30 países, diz OMS

França notificou 4.937 casos entre janeiro e março

EFE,

20 Abril 2011 | 12h37

Genebra, 20 abr - Trinta países da Europa relataram um acentuado aumento dos casos de sarampo, que chegaram a 6.500 desde o início de 2011, uma propagação que é atribuída à "exportação" do vírus de um país para o outro, informou nesta quarta-feira,20,  a Organização Mundial da Saúde (OMS).

A entidade antecipou que espera mais casos de "importação" e "exportação" do vírus durante as festas da Semana Santa devido ao aumento dos deslocamentos.

Este crescimento do número de casos se deve principalmente ao fato de que muitas pessoas nunca se imunizaram contra a doença ou não seguiram os calendários de vacinação, indicou a OMS.

Os maiores focos de sarampo foram observados na França, com 4.937 casos entre janeiro e março, um número próximo aos 5.090 casos que foram registrados em todo ano de 2010.

Outros surtos significativos ocorreram na Sérvia, Espanha, Macedônia e Turquia.

Os sistemas nacionais de imunização estão implementando medidas para chegar a mais crianças, o que inclui a vacinação aos nove meses e a proposta de vacinar as que estejam acima dessa idade e não tenham sido imunizadas.

Mais conteúdo sobre:
sarampo

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.