Febre aftosa humana já matou seis em março na China

Departamento de Saúde enviou equipamentos à cidade de Heze para realizar investigação sobre a doença

Efe,

26 Março 2009 | 15h41

Durante o mês de março, seis bebês morreram e quatro se encontram hospitalizados em estado crítico, após mostrarem sintomas de febre aftosa humana na cidade chinesa de Heze, informou nesta quinta-feira, 26, a agência oficial de notícias local Xinhua.

 

O Departamento de Saúde enviou equipamentos médicos à cidade, situada na província de Shandong, no leste da China, para realizar uma investigação sobre a doença e as formas de preveni-la.

 

A febre aftosa, uma doença para qual não existe vacina, se manifesta com febre, úlceras na boca e brotoejas em mãos e pés. A doença pode gerar ainda meningite, encefalite, edema pulmonar e paralisias.

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.