Fígado sai intacto de acidente aéreo e salva vida de paciente

Órgão estava em um avião que caiu na cidade inglesa de Birmingham

BBC Brasil, BBC

23 Novembro 2010 | 13h48

Um fígado pronto para ser transplantado saiu intacto de um acidente aéreo ocorrido na Grã-Bretanha, possibilitando uma cirurgia que salvou a vida de uma paciente.

O órgão estava a bordo de um avião Cessna procedente de Belfast (Irlanda do Norte), que caiu na última sexta-feira no aeroporto da cidade inglesa de Birmingham. O acidente foi causado pela forte neblina.

Os dois pilotos do aparelho se feriram, mas o fígado não teve danos, permitindo que a operação acontecesse. O aeroporto de Birmingham ficou fechado até o meio-dia do último sábado para a realização de investigações sobre o acidente.

O cirurgião Simon Bramhall, que realizou o transplante, disse ser "incrível" que o órgão tenha ficado intacto. "Sem um transplante de fígado, a paciente certamente teria morrido", afirmou.

A paciente que recebeu o órgão era uma mulher cujo caso foi classificado como "super-urgente", já que ela era considerada uma das pessoas mais doentes na lista de transplantes da Grã-Bretanha.

"Os pacientes que estão nesta lista têm somente alguns dias a mais de vida, então, nesta situação em particular, era crucialmente importante que o fígado doador estivesse funcionando bem", disse o cirurgião.

Recuperação

Segundo Bramhall, a embalagem do órgão, feita com uma caixa térmica com gelo, ficou sem danos mesmo depois do desastre.

O médico informa que a paciente transplantada está no hospital Queen Elizabeth, em Birmingham, se recuperando bem.

Uma porta-voz da empresa AD Aviation, proprietária do avião que se acidentou, afirma que os pilotos envolvidos na queda passam bem. Um deles já deixou o hospital e o outro ainda poderá levar algumas semanas para se recuperar totalmente. BBC Brasil - Todos os direitos reservados. É proibido todo tipo de reprodução sem autorização por escrito da BBC.

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.