Fiocruz terá parque tecnológico no Ceará para produzir vacinas e biofármacos

Polo será instalado em 2011, com área de 11 hectares e investimento inicial de R$ 10 milhões

Agência Fapesp

16 Novembro 2010 | 18h31

SÃO PAULO - Está prevista para o segundo semestre de 2011 a implantação de um parque tecnológico da Fundação Oswaldo Cruz (Fiocruz) no Ceará. O polo será instalado em área de 11 hectares no Eusébio, região metropolitana de Fortaleza, com investimento inicial de R$ 10 milhões, e de mais R$ 300 milhões em plantas para produção de vacinas e biofármacos.

Os números foram anunciados pelo vice-presidente de Tecnologia da Fiocruz, Carlos Gadelha, na semana passada, no Workshop sobre Gestão do Conhecimento e Inovação em Saúde, realizado em Fortaleza.

O parque tecnológico será focado exclusivamente em saúde. A Fiocruz chega ao Ceará também com atividades no ensino. Será iniciado em 2011 um mestrado para a formação de professores e pesquisadores para a atenção básica à saúde. O curso é realizado em parceria com cinco universidades e terá inicialmente cinco turmas de 20 alunos.

Mais conteúdo sobre:
Fiocruz Ceará biofármacos

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.