Funcionários de hospital são internados com suspeita de H1N1

Os dois funcionários de hospital de osasco tiveram contato com o jovem de 21 anos que morreu no dia 11

Fabiana Marchezi, da Central de Notícias,

17 Julho 2009 | 17h01

Dois funcionários do Hospital e Maternidade Sino-Brasileiro, em Osasco, Grande São Paulo, foram internados entre  quinta-feira, 16, e sexta-feira, 17, com suspeita de influenza A (H1N1), a gripe suína. A unidade é a mesma que registrou as duas mortes decorrentes da doença na cidade.  

 

Veja também:

link Com 11 mortes no Brasil, governo reconhece circulação do vírus

De acordo com a assessoria de imprensa do hospital, os dois funcionários passam bem e estão internados por precaução. Um deles está no Hospital Emílio Ribas, em São Paulo, e outro no próprio sino-brasileiro. 

 

Os dois tiveram contato com o jovem de 21 anos que morreu no último dia 11, depois que o quadro de gripe suína evoluiu para uma pneumonia. A menina de 11 anos que faleceu no dia 30 de junho também foi atendida no hospital.

Mais conteúdo sobre:
gripe suína

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.