Governo pode prorrogar de férias para evitar gripe suína

Técnicos da Saúde e da Educação se reúnem para definir em quais municípios as férias serão mais longas

Agência Brasil,

23 Julho 2009 | 13h19

O governo vai decidir se vai determinar a prorrogação das férias escolares na rede pública, para prevenir o aumento do contágio do vírus Influenza (H1N1) entre estudantes.

 

Técnicos do Ministério da Saúde e do Ministério da Educação se reúnem para definir em quais municípios as férias serão mais longas e para formular um guia com orientações para pais e responsáveis será divulgado.

 

"Estamos discutindo essa situação e preparando orientação para pais, professores, alunos e diretores de escolas. Em algumas localidades, não tem o menor sentido [prorrogar as férias] e em outras pode ser uma coisa importante. Vamos tratar cada caso como um caso importante. Talvez, dependendo do município teremos uma orientação de estender ou não."

 

Algumas escolas do Rio de Janeiro, do Rio Grande do Sul e de São Paulo chegaram a suspender as aulas ou antecipar as férias para evitar que o risco de contaminação aumentasse. Uma das formas de prevenção da gripe é evitar ficar em locais fechados com muitas pessoas.

 

O Ministério da Saúde ainda recomenda que se lave as mãos várias vezes ao dia e que não se compartilhe objetos e instrumentos pessoais.

Mais conteúdo sobre:
gripe suína

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.