Gripe: Fiocruz entrega ao ministério 150 mil tratamentos

Com um dos lotes intermediários chegou a haver um problema de ajuste da umidade , que foi corrigido

FABIANA CIMIERI, Agencia Estado

30 Julho 2009 | 14h50

Vírus H1N1 atinge gestantes com mais severidade, diz estudoA fábrica de medicamentos da Fiocruz, Farmanguinhos, está entregando hoje ao Ministério da Saúde 150 mil tratamentos de Oseltamivir, medicamento que é utilizado contra a gripe suína. É o primeiro lote do remédio anti viral produzido no Brasil. Até amanhã serão entregues mais 600 mil tratamentos, cada um deles composto de 10 cápsulas. Segundo o diretor de Farmanguinhos, Heyne Felipe, foi um grande desafio conseguir cumprir o prazo do Ministério e entregar os medicamentos até o dia 31 de julho.

Com um dos lotes intermediários chegou a haver um problema de ajuste da umidade que foi rapidamente corrigido e não afetou a produção. Para o Ministério da Saúde, esta quantidade de medicamentos mais os 800 mil tratamentos que foram comprados do laboratório Roche e que estão sendo entregues até o final de setembro escalonadamente devem ser suficientes para tratar todos os brasileiros que precisem ser medicados contra a gripe suína.

Mais conteúdo sobre:
gripe suína Fiocruz Oseltamivir

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.