Gripe suína pode causar convulsão em crianças, dizem EUA

Algumas das crianças afetadas, no Estado do Texas, experimentaram sonolência, fraqueza e desorientação

Reuters,

23 Julho 2009 | 16h33

Crianças que sofrerem convulsões inexplicadas associadas a sintomas semelhantes aos da gripe devem ser testadas para o vírus H1N1 e tratadas com drogas antivirais, disseram autoridades sanitárias dos Estados Unidos.

 

Reino Unido registra 100 mil novos casos de H1N1 em 1 semana

Para europeus, gripe suína já matou 843 pessoas no mundo

Governo dos EUA busca voluntários para testar vacina H1N1

Austrália inicia testes de vacina de gripe suína em humanos

Exportação de vacina H1N1 pode gerar disputa internacional

 

Elas informam que quatro crianças do Texas que contraíram o vírus em maio tiveram convulsões e alterações mentais provocadas por infecção e inchaço do cérebro.

 

Algumas das crianças experimentaram sonolência, fraqueza e desorientação, e demoravam a responder a perguntas. Duas das quatro tiveram convulsões.

 

Todas se recuperaram e tiveram alta hospitalar sem dano cerebral permanente, de acordo com a equipe do Centro Médico da Universidade do Sudoeste do Texas e autoridades sanitárias locais e federais.

 

"Infecção pelo vírus da gripe sazonal pode ser associada a complicações neurológicas, mas a frequência com que essas complicações aparecem no caso do H1N1 é desconhecida", diz relatório semanal dos

Centros para Controle e Prevenção de doenças (CDC) do governo federal americano.

 

Infecções gripais respondem por cerca de 5% dos casos de encefalite infantil aguda, uma inflamação grave do cérebro que pode causar danos cerebrais e morte. Complicações neurológicas fizeram parte do quadro de 6% das mortes de crianças por gripe registradas nos EUA na temporada 2003-2004. 

Mais conteúdo sobre:
gripe suína

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.