1. Usuário
Assine o Estadão
assine

Hospital Universitário cancela consultas no 2º dia de greve

Fabiana Cambricoli - O Estado de S. Paulo

17 Junho 2014 | 23h 28

Segundo a instituição, estão mantidos os serviços de atendimento às urgências e emergências, internação e cirurgias emergenciais

SÃO PAULO - Todas as consultas ambulatoriais e cirurgias eletivas do Hospital Universitário (HU) da Universidade de São Paulo (USP) foram canceladas nesta terça-feira, 17, no segundo dia de greve dos médicos da unidade, localizada na Cidade Universitária, no Butantã, zona oeste da capital. Os demais funcionários do hospital também estão de braços cruzados, em paralisação iniciada na semana passada.

De acordo com o HU, foram suspensas as consultas ambulatoriais (cerca de 550 consultas/dia), as cirurgias  eletivas (cerca de 13 cirurgias/dia) e  os exames laboratoriais e de imagem (cerca de 2.600 de exames/dia).

Os grevistas alegam sobrecarga de trabalho e falta de profissionais como os principais problemas do HU. Eles ainda dizem ter aderido ao movimento em apoio aos servidores da USP, em greve desde o dia 27 de maio, por causa do congelamento de salários. 

Em nota, o HU informou que "a greve dos funcionários e médicos do Hospital Universitário da Universidade de São Paulo está respeitando a regulamentação de greve no setor saúde". Segundo a instituição, estão mantidos os serviços de atendimento às urgências e emergências, internação e cirurgias de emergência. 

  • Tags: