Assine o Estadão
assine

Saúde

H1N1

Região noroeste de SP já tem 16 mortes confirmadas por H1N1

Vítima da gripe era um paciente de 45 anos, morador de Fernandópolis; cidade está em alerta após o registro de 12 casos

0

José Maria Tomazela,
O Estado de S. Paulo

25 Março 2016 | 19h22

SOROCABA – Mais uma morte causada pela gripe A H1N1 foi confirmada hoje na região noroeste do Estado de São Paulo, que convive com um surto da doença. O óbito é de um paciente de 45 anos, que estava internado na unidade de terapia intensiva do Hospital Beneficência Portuguesa, em São José do Rio Preto.

Agora já são 16 mortes causadas pelo vírus este ano na região. O homem era morador de Fernandópolis, onde já havia sido registrada uma morte pelo vírus na semana passada. No caso anterior, a vítima foi uma mulher de 54 anos.

A Secretaria de Saúde de Fernandópolis confirmou as mortes. A cidade está em alerta contra a doença, após o registro de 12 casos. A morte anterior foi de uma moradora da cidade de Vitória Brasil e aconteceu na quarta-feira, 23.

A Secretaria da Saúde do Estado realiza uma campanha extra de vacinação em 67 municípios da região. Estão sendo vacinadas pessoas de grupos de risco, como idosos, gestantes, profissionais de saúde, portadores de doenças crônicas e crianças de 6 meses a 4 anos de idade

Mais conteúdo sobre:

Comentários