Laboratório francês inicia testes de vacina para gripe H1N1

A venda das vacinas para combater a atual pandemia de gripe deve aumentar a receita da indústria

REUTERS

07 Agosto 2009 | 08h23

Estado de SP anuncia 206 locais de distribuição de antiviralO laboratório Sanofi-Aventis, líder mundial de imunização para gripe, informou nesta sexta-feira que iniciou os testes em humanos de sua vacina para a gripe H1N1 no dia 6 de agosto e que apresentou um pedido de licença suplementar ao órgão regulador dos Estados Unidos.  

 

 

Grandes farmacêuticas começam a testar vacina para H1N1

A unidade de vacinas Sanofi Pasteur do laboratório francês havia dito à Reuters na terça-feira que os testes começariam "em dias". Vários outros fabricantes também iniciaram os testes clínicos recentemente, incluindo o suíço Novartis e o australiano CSL.

A venda das vacinas para combater a atual pandemia de gripe deve aumentar a receita da indústria farmacêutica global, levando a bilhões de dólares adicionais nas vendas no final de 2009 e no início de 2010, de acordo com analistas.

A Organização Mundial da Saúde (OMS) disse na quinta-feira que as primeiras vacinas para combater o vírus H1N1, dito da gripe suína, devem ser aprovadas e estarem prontas para o uso em alguns países a partir de setembro.

O Sanofi informou que entregou um pedido de licença suplementar à Administração Federal para Alimentos e Remédios dos EUA, que deve acelerar o processo de aprovação.

Os testes clínicos do laboratório nos EUA vão envolver 2.000 pessoas, que receberão tanto uma versão original da nova vacina como uma outra incluindo um aditivo para aumentar o sistema imunológico.

(Reportagem de Ben Hirschler)

Mais conteúdo sobre:
gripe suína

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.