Livro revela arte de criar ilusão das mariposas

Obra mostra como insetos desenvolveram capacidade de mudar de forma para confundir e assustar predadores.

BBC Brasil, BBC

03 Novembro 2010 | 06h45

  'Butterflies - Messages from Psyche', Philip Howse, Papadakis Publisher, London © Kirby Wolfe / © Frank Wouters  

 

Um livro publicado na Grã-Bretanha revela os "truques" das mariposas para evitar os predadores.

(em tradução livre, Borboletas - Mensagens da Psique, Ed. Papadaki, Londres) , explora a capacidade desses insetos de confundir a percepção visual dos inimigos para enganá-los.

Segundo o autor do livro, Philip Howse, professor de entomologia aposentado da Universidade de Southampton, a necessidade de proteção levou esses animais a desenvolver padrões e cores ao longo de séculos de evolução.

Segundo o pesquisador, os predadores insetívoros reconhecem as suas presas pelos detalhes, e não pelo todo.

"Se olharmos para os detalhes de uma borboleta viva da mesma forma que um pássaro vê, a partir de um ângulo e uma perspectiva diferente, imagens surpreendentes são reveladas", ele afirma.

Em muitos casos, as características lembram os olhos de corujas, cabeças de serpente, lagartas, vespas, escorpiões e bicos de pássaros.

Em outros exemplos, ele diz, as borboletas e mariposas exibem combinações de imagens que não estão longe de trabalhos de arte surrealista.

As mensagens desta simbologia são tão fortes que às vezes ultrapassam a vida selvagem e são lidas na mente humana com a mesma força. O resultado - confundir e assustar - é o mesmo.    

 

BBC Brasil - Todos os direitos reservados. É proibido todo tipo de reprodução sem autorização por escrito da BBC.

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.