SP já registra pelo menos 53 mortes pela doença
SP já registra pelo menos 53 mortes pela doença

Marília tem a 12ª morte com suspeita de dengue

Causa da morte ainda precisa ser confirmada por laudo de instituto

José Maria Tomazela, O Estado de S. Paulo

01 Março 2015 | 18h12

SOROCABA - Um idoso de 81 anos, internado com diagnóstico de dengue, morreu na noite de sábado, 28, no Hospital Universitário de Marília, no centro-oeste do Estado de São Paulo. É a 12ª morte com suspeita de dengue ocorrida este ano na cidade que convive com uma epidemia e está em estado de emergência. O paciente estava internado na Unidade de Terapia Intensiva (UTI) do hospital e o atestado de óbito aponta como causa hemorragia alveolar decorrente de dengue. A causa da morte ainda precisa ser confirmada por laudo do Instituto Adolfo Lutz.

Em todo o Estado, os casos de dengue se multiplicam e as mortes já são diárias. Já são pelo menos 53 óbitos confirmados ou sob investigação no Estado. Na sexta-feira, foram confirmadas mortes de pacientes com dengue em Salto de Pirapora, do tipo hemorrágico, e em Sumaré. Em Marília, a Secretaria Municipal de Saúde confirmou no sábado mais 3.559 casos, elevando para 7.498 o número de infectados somente este ano.

Mais conteúdo sobre:
Dengue

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.