Médicos realizam evento em agosto, em SP, para debater saúde masculina

Segundo ministério, 75% das doenças em homens estão ligadas a áreas como urologia e cardiologia

Agência Estado

20 Julho 2010 | 13h53

SÃO PAULO - Cinco sociedades médicas brasileiras se reunirão no dia 2 de agosto, em Hortolândia (SP), para debater a melhoria da saúde masculina, no 1º Fórum Nacional sobre Atenção Integral à Saúde do Homem.

Segundo o Ministério da Saúde, 75% dos problemas de saúde que atingem a população masculina estão ligados às áreas de urologia, cardiologia, pneumologia, gastroenterologia e psiquiatria.

Os médicos vão elaborar um documento a ser apresentado ao Ministério da Saúde, em novembro, para ter um posicionamento do governo em relação aos recursos e ações necessárias para aprimorar o atendimento e fortalecer a saúde masculina no Brasil.

O documento será assinado por representantes da Sociedade Brasileira de Urologia (SBU), da Associação Brasileira de Psiquiatria (ABP) e da Federação Brasileira de Gastroenterologia (FBG). A Sociedade Brasileira de Cardiologia (SBC) e a Sociedade Brasileira de Pneumologia e Tisiologia (SBPT) também vão colaborar para a elaboração das recomendações.

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.