Ministro confirma falta de medicamentos antirretrovirais

Brasília – O ministro da Saúde, Alexandre Padilha, confirmou nesta quinta-feira, 17, que a pasta enfrenta problemas por causa da falta do medicamento atazanavir, antirretroviral utilizado no tratamento contra o HIV/aids.

Agência Brasil,

17 Março 2011 | 19h44

Veja também:

linkPacientes com HIV voltam a sofrer com desabastecimento de remédios

As medidas adotadas pelo ministério para contornar a situação incluem o fracionamento da entrega do medicamento ou mesmo a substituição temporária do remédio. Padilha garantiu que, em nenhum momento, houve interrupção do tratamento e que os pacientes não foram prejudicados pelo problema.

Ainda de acordo com o ministro, a pasta já havia determinado mudanças no processo de compra, organização e distribuição de antirretrovirais para este ano.

O Departamento de DST/Aids e Hepatites Virais divulgou nota técnica com orientações para os médicos até que a situação seja normalizada.

Mais conteúdo sobre:
antirretrovirais

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.