Município do Rio convoca 1.320 agentes para combater a dengue

Cidade registrou 2.306 casos da doença de janeiro a novembro; total de contratados chega a 2.400

Agência Brasil

29 Novembro 2010 | 21h40

RIO DE JANEIRO - A Secretaria Municipal de Saúde e Defesa Civil do Rio convocou nesta segunda-feira, 29, 1.320 agentes aprovados em concurso para começar a trabalhar no combate ao mosquito Aedes aegypti, transmissor da dengue.

 

Os profissionais vão desenvolver as mesmas ações que os auxiliares de controle de endemia, como identificação e eliminação dos criadouros e orientação à população, além de dar informações sobre como usar os produtos indicados à eliminação das larvas.

 

Segundo balanço da secretaria, o Rio registrou 2.306 casos da doença de janeiro a novembro deste ano. Com os novos contratados, o município contará com cerca de 2.400 agentes para combater o mosquito, disse a superintendente de Vigilância em Saúde da Secretaria Municipal de Saúde, Rosanna Iozzi.

 

De acordo com ela, o fumacê na cidade é feito de forma complementar às ações de rotina de visitação dos imóveis e está direcionado às áreas identificadas como de maior vulnerabilidade.

Mais conteúdo sobre:
dengue Rio fumacê Aedes aegypti

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.