Scott Audette/Reuters
Scott Audette/Reuters

Nasa adia último lançamento da Discovery até o final do mês

Após 5 cancelamentos por problemas técnicos e climáticos, diretores prorrogam missão até dia 30

Efe

05 Novembro 2010 | 16h41

WASHINGTON - A Nasa anunciou nesta sexta-feira, 5, que adiará o último lançamento da nave Discovery até o final deste mês para fazer alguns consertos. Após cinco cancelamentos seguidos, os diretores da missão decidiram prorrogar a viagem até o dia 30 de novembro, às 6h05 (horário de Brasília).

A Discovery partirá com seus seis tripulantes do Centro Espacial Kennedy, na Flórida, na missão STS-133, que será a última da qual a nave participa antes de ser "aposentada" pela agência americana.

A saída estava inicialmente prevista para 1º de novembro, mas um escape de gases na área de pressurização do sistema de manobra orbital, falhas elétricas em um dos motores, más condições meteorológicas e outra fuga de gás levaram ao adiamento.

A missão, comandada pelo coronel Steve Lindsey e pilotada pelo coronel Eric Boe, será a última da nave após 39 idas ao espaço e 26 anos a serviço da Nasa.

Mais conteúdo sobre:
Discovery Nasa nave espaço ISS

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.