A nave X-37B, dentro da cápsula em que foi lançada
A nave X-37B, dentro da cápsula em que foi lançada

Nave espacial robótica da Força Aérea dos EUA retorna à Terra

A Força Aérea não diz se o veículo carregava alguma coisa em seu compartimento de carga

Associated Press, AP

03 Dezembro 2010 | 15h57

O ônibus espacial teleguiado da Força Aérea dos Estados Unidos, o X-37B, retornou de uma missão espacial secreta de sete meses, informam autoridades. 

 

O veículo alado, cujo design lembra uma versão em miniatura dos ônibus espaciais tripulados da Nasa, pousou na Base Aérea Vandenberg, na costa californiana, afirmou o porta-voz da base, Jeremy Eggers.

 

O X-37B havia sido lançado por um foguete Atlas 5, de Cabo Canaveral, em 22 de abril, com uma missão estimada para durar, no máximo, 270 dias.

 

Também conhecido como Veículo Orbital de Testes, o robô espacial, criado pela Boeing, era originalmente um projeto da Nasa, antes de ser encampado pelos militares.

 

A Força Aérea não diz se o veículo carregava alguma coisa em seu compartimento de carga, mas insiste que o objetivo principal do voo foi avaliar o funcionamento da nave em si.

 

"Estamos muito satisfeitos, pois o programa completou todos os objetivos orbitais da primeira missão", declarou o gerente do programa, tenente-coronel Troy Giese.

 

Autoridades divulgaram ao público apenas uma descrição geral dos objetivos da missão: testar controle, navegação e orientação, proteção térmica e operação autônoma no espaço, reentrada e pouso.

 

Mas o destino final da tecnologia X-37B e detalhes sobre a nave permanecem obscuros.

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.