REUTERS/Joe Penney
REUTERS/Joe Penney

Nova York reporta 1º caso de microcefalia vinculado à zika na cidade

A mãe contraiu a doença quando estava grávida ao visitar um país afetado pela epidemia

O Estado de S.Paulo

22 Julho 2016 | 16h47

A cidade de Nova York relatou nesta sexta-feira, 22, o primeiro caso de microcefalia em um bebê cuja mãe teve o vírus da zika, informaram as autoridades de saúde locais.

A mãe contraiu zika quando estava grávida ao visitar um país afetado pela epidemia. 

"A cidade esteve se preparando para esta possibilidade durante meses, e estamos preparados para ajudar as famílias a cuidar do bebê com microcefalia", afirmou em comunicado a subdiretora de serviços de saúde de Nova York, Herminia Palacio.

De acordo com ela, este caso serve como "uma triste advertência das trágicas consequências que a zika pode provocar nas mulheres grávidas".

No começo da semana, o departamento de saúde da cidade anunciou que pediu a 2 mil mulheres grávidas que viajaram a zonas de risco para que se submetessem a exames.

Até o dia 15 deste mês, quando foram divulgados os últimos dados a respeito, os exames de 41 grávidas em Nova York deram positivo para a doença.

Segundo os Centros de Controle e Prevenção (CDC, na sigla em inglês), até agora 400 mulheres nos EUA tiveram resultado positivo em exames de detecção do vírus da zika.

No mês de junho, nasceu em Nova Jersey uma menina com zika no hospital Hackensack University Medical Center, e em todo o país até esta quinta-feira tinham sido registrados 12 casos, segundo as autoridades.

O departamento de Saúde de Nova York advertiu sobre o risco das viagens de mulheres grávidas a regiões onde o vírus está especialmente ativo, particularmente América do Sul, América Central e Caribe.

Mais de 320 casos de zika em homens e mulheres foram identificados até agora no estado de Nova York. Tratam-se de pessoas que viajaram a áreas de risco. /EFE

 

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.