Frederick Murphy/CDC
Frederick Murphy/CDC

OMS eleva para 29 o nº de casos de Ebola na República Democrática do Congo

2 vítimas morreram em função do surto; organização acompanha 416 pessoas que tiveram contato com infectados

O Estado de S.Paulo

19 Maio 2017 | 09h57

GENEBRA - O novo surto de Ebola na República Democrática do Congo (RDC) afeta 29 pessoas, segundo a nova contagem da Organização Mundial da Saúde (OMS), que disse nesta sexta-feira, 19, que o número de mortes não aumentou - foram duas.

O porta-voz da OMS, Christian Lindmeier, apontou em coletiva de imprensa que a organização acompanha, além disso, 416 pessoas que tiveram contato com pessoas infectadas e recolheu 35 amostras de sangue para análise.

As autoridades da RDC instalaram um novo laboratório em Likati, na província do Bajo-Uele, onde acontece o surto.

Trata-se de uma das regiões mais remotas do nordeste do país, a 1,4 mil quilômetros da capital, Kinshasa, e a mais de 350 quilômetros do centro urbano mais próximo.

Na quinta-feira, 18, a OMS prometeu que não subestimará o novo surto de Ebola no RDC e que está disposta a lançar uma campanha de vacinação se contar com o pleno consentimento das autoridades. /EFE

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.