Órbita da ISS será elevada duas vezes nos próximos dois meses

Manobras de correção ajudaram em operações no final de outubro e novembro

Efe

28 Setembro 2010 | 11h54

MOSOCU - A altura média da órbita da Estação Espacial Internacional (ISS) será elevada em duas ocasiões nos próximos dois meses a fim de assegurar as ligações ao posto avançado orbital de uma nave de carga Progress e da nave pilotada Soyuz, informou nesta terça-feira, 28, uma fonte da indústria espacial.

 

"As manobras, atualmente previstas para 20 de outubro e 20 de novembro, serão realizadas usando os motores do cargueiro russo Progress M-07M, ligado ao módulo de serviço Zvezda", disse o porta-voz, citado pela agência de notícias Interfax .

 

O objetivo da primeira correção é garantir as condições ideais para o acoplamento da estação para o dia 30 de outubro do cargueiro Progress M-08M e do ônibus espacial americano Discovery em 03 de novembro, indicou.

 

A segunda manobra é necessária para a preparação para a libertação e regresso à Terra da nave Soyuz TMA-19 em 30 de Novembro, acrescentou.

 

Atualmente, a tripulação da plataforma orbital é composta pelos astronautas americanos Doug Wheelocke Shannon Walker e cosmonauta russo Fiodor Yurchijin.

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.