País registra 84 mortes e 675 casos graves de gripe suína em 2010

Balanço do Ministério da Saúde inclui os óbitos registrados entre 1º de janeiro e 5 de julho

Fabiana Marchezi, do estadão.com.br

15 Julho 2010 | 12h13

SÃO PAULO - Pelo menos 84 pessoas morreram e 675 foram hospitalizadas no Brasil este ano em razão do vírus influenza A (H1N1), a gripe suína. O número inclui as mortes registradas entre 1º de janeiro e 5 de julho.

De acordo com o último balanço do Ministério da Saúde, a Região Norte registrou 44 óbitos e 256 casos graves da doença. Em seguida, vem o Sul do País, com 15 mortes e 243 casos.

A Região Nordeste contabilizou 12 óbitos e 99 casos graves, o Sudeste registrou dez mortes e 63 casos, e o Centro-Oeste teve três óbitos e 14 casos graves confirmados.

Em todo o ano passado, desde o dia 25 de abril, foram registradas 2.051 mortes decorrentes da gripe suína no País. Somente na Região Sudeste foram registrados 973 óbitos.

Mais conteúdo sobre:
gripe suína vírus H1N1 influenza A

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.