Paraná já tem 107 mortes por gripe suína

A maior parte dos óbitos (55) ocorreu na região metropolitana de Curitiba

Evandro Fadel,

17 Agosto 2009 | 23h59

O Paraná já tem 107 óbitos em decorrência da gripe suína. Os novos números foram divulgados em boletim da Secretaria de Estado da Saúde, na noite desta segunda-feira, 17. O boletim anterior, divulgado na sexta-feira, trazia a ocorrência de 79 mortes. No entanto, a secretaria esclareceu que, entre os dois boletins, houve apenas três mortes. As outras 25 ocorreram entre os dias 20 de julho e 13 de agosto e dependiam de exames laboratoriais para a confirmação.

 

Veja também:

link Na Índia, o pânico se espalha mais depressa que a gripe

link Gripe adia 2ª fase da vacina da pólio

especial Entenda a gripe suína

especial Perguntas e respostas sobre a gripe

 

Até domingo, foram analisadas 3.967 amostras, das quais 81,4% pelo Laboratório Central do Paraná (Lacen) e o restante pelo laboratório da Fundação Oswaldo Cruz (Fiocruz), no Rio de Janeiro. Dessas amostras, 1.833 foram positivas. A região metropolitana de Curitiba lidera o número de óbitos, com 55 registros. A maior ocorrência de mortes foi no dia 5 de agosto, com 10 registros. O grupo de adultos jovens (20 a 40 anos) congrega 50,5% das mortes.

Mais conteúdo sobre:
gripe suína Influenza A (H1N1) gripe A

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.