Pesquisadores dizem ter encontrado a cidade perdida de Atlântida

De acordo com pesquisa, a lendária cidade está localizada na costa sul da Espanha

Reuters,

14 Março 2011 | 17h28

Uma equipe liderada por pesquisadores norte-americanos acredita ter encontrado a lendária cidade de Atlântida, que teria sido atingida por um tsunami e levada para o fundo do mar há milhares de anos.

"É tão difícil entender que um tsunami possa varrer 100 km de terra, e é disso que estamos falando", disse Richard Freund, professor da universidade de Hartford, em Connecticut, e responsável pela pesquisa.

Para desvendar o mistério que cerca o desaparecimento da cidade, a equipe usou fotos de satélite de uma cidade misteriosa que está submersa para localizar o norte de Cadiz, na Espanha. Lá, enterrada nos pântanos do parque Dona Aña, eles acreditam ter localizado o antigo domínio conhecido como Atlântida.

Entre 2009 e 2010, a equipe de arqueólogos e geólogos usou uma combinação de radar, mapeamento digital e tecnologia subaquática para pesquisar o local. A descoberta de "cidades memoriais" na Espanha, construídas à imagem de Atlântida por aqueles que teriam escapado do Tsunami, deram aos pesquisadores mais provas, disse Freund.

Ainda é difícil ter certeza sobre as evidências, mas Freund diz que achar as "cidades memoriais" o deixou confiante de que Atlântida está enterrada nos pântanos da costa sul da Espanha. "Nós achamos algo que nunca tinha sido visto antes, o que nos dá certa credibilidade".

O filósofo grego Platão escreveu sobre a cidade há 2.600 anos, descrevendo-a como "uma ilha situada em frente ao estreito de Pilares de Hércules", nome dado ao Estreito de Gibraltar na antiguidade. Utilizando a descrição detalhada de Platão como um mapa, as buscas foram concentradas no Mediterrâneo e no Atlântico, acreditando-se que estes eram os melhores lugares para localizar a cidade.

O debate sobre se a cidade realmente existiu dura milhares de anos. Os diálogos de Platão de 360 A.C. são as únicas fontes históricas de informação sobre a cidade. Platão disse que a ilha conhecida como Atlântida "desapareceu nas profundezas do mar em apenas um dia e uma noite".

Especialistas planejam fazer escavações no local e nas "cidades memoriais" encontradas na Espanha para estudar as formações geológicas e para datar seus artefatos.

Mais conteúdo sobre:
Atlântida

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.