PF apreende 10 mil comprimidos para impotência em SP

Pramil, Cialis e Eroxil foram encontrados dentro das próprias caixas, para montagem

Solange Spigliatti, Central de Notícias

14 Setembro 2009 | 13h21

Agentes da Polícia Federal (PF) de Marília, no interior de São Paulo, apreenderam cerca de 10 mil comprimidos e medicamentos para disfunção erétil, como Pramil, Cialis e Eroxil, durante operação com apoio do Grupo Tático de Operações Rodoviárias (TOR) e da Polícia Militar Rodoviária. Duas pessoas foram presas em flagrante.

O medicamento foi encontrado dentro das próprias caixas, para montagem. Havia selos de lacre e até mesmo marcas de segurança nas caixas, que, raspadas com superfícies metálicas, revelam o nome do laboratório nacional referente ao produto, como se fosse medicamento verdadeiro e de comercialização corrente no território nacional.

A apreensão faz parte das operações intensivas de combate aos crimes em área fronteiriça, especialmente nas regiões de Ourinhos e Assis, cidades estratégicas e cortadas por diversas rodovias que ligam o sul do país, o Mato Grosso do Sul e os países vizinhos aos grandes centro consumidores de São Paulo e Rio de Janeiro.

Mais conteúdo sobre:
tráfico SP Marília impotência

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.